V Workshop de antropologia.png

VER GALERIA

A Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Cabo Verde realizou a abertura oficial do V Workshop Internacional de “Antropologia Visual e Novos Media”, este ano, sobre a temática "Cultura digital – linguagem(s), imagem(s), narrativa(s)” em parceria com o Instituto Universitário da Maia, em Portugal. A Sessão de abertura aconteceu na terça-feira, dia 25 de abril, no anfiteatro do Campus do Palmarejo, Cidade da Praia.

A apresentação do projeto ficou a cargo do Professor Mestre José Abreu que fez uma apresentação do projeto ao público presente.

A organização do Workshop é feita pelo grupo disciplinar de engenharia informática e tecnologias multimédia de comunicação em que o objetivo geral é treinar os estudantes para elaboração de conteúdos para as novas tecnologias que estão na base as indústrias culturais e economia criativa.

“Neste V workshop vão ser apresentados três projetos: literatura eletrónica, arte feita por computador; o segundo é Ka Ten Dokumentu, é um projeto da escrita criativa multiplataforma e o terceiro é amikriolo é um projeto de museologia visual a cerca do imaginário da cultura crioula”, afirmou o Professor Mestre José Abreu.

Estes projetos foram realizados pelos estudantes e professores da Uni-CV, mas também com a parceria com o Instituto Universitário da Maia, em Portugal. 

  

Uni-CV organiza V Workshop de Antropologia Visual e Novos Media

v.jpgA Universidade de Cabo Verde vai realizar o V Workshop Internacional de “Antropologia Visual e Novos Media”, este ano, sobre a temática "Cultura digital – linguagem(s), imagem(s), narrativa(s)” em parceria com o Instituto Universitário da Maia, em Portugal. O evento de abertura terá lugar no anfiteatro do Campus do Palmarejo, no dia 25 de abril, às 10h30 horas.

O workshop, que está a decorrer desde dia 20 de abril e vai prolongar-se até 30 de maio, pretende focar-se em três temas essenciais: nas produções literárias “projecto new medium! new poetry?”, nas representações imagéticas “projecto amikriolo_digital heritage media lab” e nas estratégias narrativas “projecto transmedia Ka Ten Dokumentu”.

A cultura digital pressupõe a especificidade da linguagem computacional e, consequentemente, de um novo medium ou dispositivo de representação promotor de um paradigma comunicacional a considerar em convergência, em participação e em ubiquidade.

Neste contexto, a abordagem deste workshop vai permitir aos participantes a aquisição e desenvolvimento de competências na criação de conteúdos digitais que lhes permitam, por via das indústrias criativas, participarem no processo mais geral de desenvolvimento sustentável de Cabo Verde.

Os três projectos do evento estão a decorrer em Santiago, no Palmarejo, São Vicente, no Mindelo, e no Fogo em São Filipe.

São parceiros em Cabo Verde a Associação Museu do Imaginário Criolo, Museu Municipal de S. Filipe, Media Lab Uni-CV, Câmara Municipal da Ilha do Sal, Polo Uni-CV na Ilha do Sal, Tiver e Green Studio.

O V Workshop de Antropologia Visual e Novos Media conta também com a parceria das instituições portuguesas Fundação Fernando Pessoa, Maus Hábitos – Espaço de Intervenção Cultural, Centro e Laboratório Multimédia ISMAI e Porto Digital.