cnpq-g.jpg

A Universidade de Cabo Verde informa que estão abertas as inscrições para bolsas de mestrado e doutoramento do CNPq para estudantes de países em desenvolvimento, com os quais o Brasil mantém acordo de Cooperação Educacional, Cultural ou de Ciência e Tecnologia. Entre os países listados estão Cabo Verde, Angola, Moçambique, Guiné Bissau, São Tomé e Príncipe, Colômbia, Argentina e Venezuela. O prazo máximo para o envio de candidaturas é 18 de agosto de 2017.

A bolsa engloba todas as áreas do conhecimento. A bolsa de mestrado tem o valor de R$ 1.500 mensais durante o prazo máximo de até 24 meses, improrrogáveis. A bolsa de Doutorado tem o valor de R$ 2.200 mensais durante o prazo máximo de até 48 meses, improrrogáveis.

Requisitos dos candidatos:

  • Ser cidadão dos países em desenvolvimento com os quais o Brasil mantém Acordo de Cooperação Educacional, Cultural ou de Ciência e Tecnologia;
  • Ter permanecido no país de origem, no mínimo, por 24 meses completos após ter obtido o diploma brasileiro, no caso de ex-estudante graduado e pós-graduado pelo Programa de Estudantes Convênio de Graduação – PEC-G;
  • Não ser portador de visto permanente, visto diplomático, visto MERCOSUL, Visto Mais Médicos (VICAM), visto de turista ou qualquer outro visto que autorize o exercício de atividade remunerada no Brasil;
  • Não ser cidadão brasileiro, ainda que binacional, ou ter qualquer relação de ascendência brasileira;
  • Ter curso de graduação e/ou mestrado completo em qualquer área do conhecimento científico;
  • Não ter iniciado curso de pós-graduação stricto sensu no Brasil no mesmo nível de estudo pretendido;
  • Comprovar proficiência na língua portuguesa, na data da inscrição, mediante Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros - CELPE-Bras, observado o disposto no item 3.3.2.3;
  • Apresentar Carta de Aceitação da IES brasileira, pública ou privada, em curso de pós-graduação stricto sensu recomendado ou reconhecido pela CAPES, observados os requisitos estabelecidos no item 3.3.2.4;
  • Ter currículo registado e atualizado na Plataforma Lattes do CNPq;
  • Ser financeiramente responsável pela passagem de vinda para o Brasil, por sua manutenção até a recepção da primeira mensalidade da bolsa PEC-PG (mínimo de 60 dias) e pelos custos de manutenção de qualquer membro da família que o acompanhe durante toda a estada no Brasil;
  • Estar apto a iniciar as atividades relativas ao projeto imediatamente depois de aprovado pelo CNPq;
  • Não possuir formação anterior no mesmo nível de estudo pretendido.

Mais informações no edital em anexo e na página de Bolsas de pós-graduação CNPq.

EDITAL