Imagens_.png

O Coordenador do Projeto ADAPTaRES do Instituto Tecnológico de Canárias e investigadores da Universidade de Las Palmas de Gran Canária (ULPGC) deslocaram-se nestes dias a Cabo Verde, por ocasião da celebração do "Seminário de formação sobre poluentes emergentes e preparação de amostras", que teve lugar a 22 de junho de 2017, na Universidade de Cabo Verde, com a participação de 17 pessoas. 

Paralelamente, iniciaram-se trabalhos da fase anterior para a instalação de parcelas experimentais de rega com águas residuais tratadas com culturas e tecnologias de irrigação de risco mínimo para a saúde e máxima eficiência. 

Entre as atividades a realizar dentro do Projeto ADAPTaRES, destaca-se a análise e avaliação da presença de fármacos em águas residuais tratadas e águas subterrâneas, assim como a avaliação do comportamento das tecnologias extensivas e de baixo custo energético na sua degradação, dos quais se espera um melhor desempenho do que as convencionais. Estes estudos serão realizados tanto nas Ilhas Canárias como em Cabo Verde. Durante estes dias, o grupo GEOVOL da ULPGC começou com a recolha de amostras provenientes de aquíferos em Cabo Verde. O objetivo é conhecer a contaminação básica existente, antes de se implementar o uso de águas tratadas. Com os resultados destas análises, a ULPGC tentará realizar um seguimento dos contaminantes que forem identificados como prioritários. 

Com o “Seminario formativo sobre contaminantes emergentes e preparação de amostras”, pretende-se formar professores e formandos da Universidade de Cabo Verde em procedimentos e metodologias a seguir para a amostragem e determinação desses contaminantes emergentes. As amostragens realizar-se-ão mensalmente, durante 18 meses. Este seminário se complementa com a adquisição do equipamento necessário à Uni-CV e formação prática, em Canárias, de dois professores, a partir do mês de setembro deste ano. 

Atualmente, o estudo de contaminantes emergentes é essencial para se definir a qualidade do meio ambiente e as consequências da sua presença nele. Compostos emergentes são aqueles que não são contemplados pela legislação aplicável à água e, assim, passar através das estações de tratamento de águas residuais (ETARs) sem ser eficientemente removidos. Nos últimos anos, detetou-se um aumento na presença destes poluentes em águas residuais de origem doméstica, devido à melhoria das técnicas analíticas que permitem a sua deteção e o aparecimento de novos produtos de uso diário que geram estes resíduos indesejados. Os fármacos constituem uma das famílias mais importantes de contaminantes emergentes, dada à grande variedade de produtos existentes com diferentes características físico-químicas e o uso intensivo que a sociedade faz deles. 

É com base na experiência da ULPGC que se propõe desenhar e instalar parcelas experimentais de demonstração da reutilização e adaptação às alterações climáticas em Cabo Verde. No desenho, se contempla a inclusão de culturas estratégicas da região, tais como as forrageiras, frutíferas e o milho. Estes trabalhos serão dirigidos pela ULPGC, com a colaboração de membros das diferentes áreas. Durante esta fase inicial, procedeu-se à caracterização do solo desde o ponto de vista das propriedades físico-químicas e biológicas, a amostragens das várias parcelas selecionadas e a qualidade da água para otimizar o projeto das instalações. Os resultados esperados são, principalmente, a reutilização segura e irrigação eficiente, melhorar a segurança alimentar e demonstrar a sustentabilidade destes processos, reduzindo a pressão sobre os recursos naturais, assegurando a fertilidade do solo, minimizando riscos sanitários e reduzindo os efeitos das alterações climáticas e pegadas de carbono. 

Canárias desenvolve junto com Cabo Verde e Madeira o Projeto ADAPTaRES que promove o uso eficiente da água e a reutilização como medida inteligente de adaptação às mudanças climáticas. Esta iniciativa, sob a supervisão do Instituto Tecnológico de Canárias (ITC), coordenador do projeto, reúne um consórcio de quinze entidades das Ilhas Canárias, Cabo Verde e Madeira e é cofinanciado pelo Programa Interreg MAC 2014-2020

Entrevista do Docente da Faculdade de Ciências e Tecnologia

Entrevista do Docente da Faculdade de Ciências e Tecnologia

More details
Estudantes da Uni-CV ocupam lugares cimeiros no concurso de recrutamento do NOSi

Estudantes da Uni-CV ocupam lugares cimeiros no concurso de recrutamento do NOSi

More details
Diretor da Hochschule Bremen City University of Applied Sciences (Alemanha), reúne-se com equipa reitoral e dirigentes da Uni-CV

Diretor da Hochschule Bremen City University of Applied Sciences (Alemanha), reúne-se com equipa reitoral e dirigentes da Uni-CV

More details
Docentes da Uni-CV recebem treinamento na ULPGC

Docentes da Uni-CV recebem treinamento na ULPGC

More details
Estudantes brasileiras da Universidade Federal do Pará em intercâmbio na Uni-CV

Estudantes brasileiras da Universidade Federal do Pará em intercâmbio na Uni-CV

More details
Biblioteca Nacional expõe trabalhos realizados por estagiários da Uni-CV

Biblioteca Nacional expõe trabalhos realizados por estagiários da Uni-CV

More details
Entrevista do Docente da Faculdade de Ciências e Tecnologia

Entrevista do Docente da Faculdade de Ciências e Tecnologia

More details
Estudantes brasileiras da Universidade Federal do Pará em intercâmbio na Uni-CV

Estudantes brasileiras da Universidade Federal do Pará em intercâmbio na Uni-CV

More details
“Tem sido uma agenda muito intensa, mas bastante enriquecedora”, Pró-reitor da Graduação e CESP

“Tem sido uma agenda muito intensa, mas bastante enriquecedora”, Pró-reitor da Graduação e CESP

More details
“É necessário o envolvimento de todos os elementos que fazem parte da faculdade”, Presidente da FCT

“É necessário o envolvimento de todos os elementos que fazem parte da faculdade”, Presidente da FCT

More details