IMG_4128-2.jpg

De 16 a 29 de março, foi realizada uma formação em Oficina de Jogos Eletrónicos Educativos ministrada pelo formador Bruno Palermo, na Universidade de Cabo Verde, aos estudantes do curso de Tecnologias de Comunicação e Multimédia que tiveram a oportunidade de desenvolver jogos educativos digitais para exposição no Museu de Língua Portuguesa a acontecer na cidade da Praia, nos meses de junho e julho de 2018.

O coordenador do curso de Engenharia Informática e de Computadores & Comunicação e Multimédia da Uni-CV, Professor Domingos Andrade, avançou que a ideia foi utilizar os jogos para tornar mais fácil o entendimento da língua portuguesa junto da população dos diversos países que falam o português.

“Como sabemos, dentro da língua portuguesa temos uma variação de palavras para designar um mesmo objeto ou um mesmo ato. E a forma de jogos digitais torna mais fácil o entendimento da língua para população em geral”, explicou.

Durante a Oficina foram produzidos quatro jogos: toponímia e gentílicos, as formas adaptadas e não-adaptadas, a variação léxica e as variedades fonético-fonológicas. Os dados sistematizados foram fornecidos pela equipe do Centro de Estudos de Linguística Geral e Aplicada da Universidade de Coimbra, e a iniciativa está enquadrada no Projeto Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa, do Instituto Internacional da Língua Portuguesa.

Os jogos educativos digitais são uma iniciativa realizada pela Uni-CV em parceria com o Instituto Internacional de Língua Portuguesa (IILP), o Leitorado Brasileiro Cabo Verde, a Embaixada do Brasil em Cabo Verde, o Centro de Estudos de Linguística Geral e Aplicada da Universidade de Coimbra e Museu da Língua Portuguesa.