A Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) da Uni-CV realizou a sessão de abertura das atividades do projeto: Noites Estreladas em Cabo Verde – A Astronomia nas Ilhas da África Ocidental, no dia 28 de maio, no auditório do Campus de Palmarejo.

A cerimónia de abertura contou com a presença do Delegado da Educação da Praia, Adriano Moreno, do Pró-reitor para a Pós-graduação e Investigação, Professor Aristides Lopes Silva, e da Primeira-Dama da República de Cabo Verde, Lígia Fonseca.

O Delegado da Educação da Praia destacou que o evento permitiu uma aprendizagem interdisciplinar e praticas colaborativas entre professores:  “Os professores e alunos deste concelho vão poder beneficiar do projeto “Noite Estreladas em Cabo Verde -  A Astronomia nas Ilhas da África Ocidental”, usufruindo de diversas atividades educativas e culturais relacionadas com a Astronomia”.

O Pró-reitor para a Pós-graduação e Investigação sublinhou que a oficina de formação em astronomia permitirá dar a oportunidade aos professores e estudantes de beneficiar de expertise internacional em Astronomia e conhecer mais sobre a Ciência dos Astros. 

“Meninas e rapazes precisam ser incentivados para a astronomia, este é o motivo desta formação”, começou a dizer a Primeira-Dama no momento da abertura da cerimónia. “É preciso um maior incentivo para mostrar às meninas que tudo o que os rapazes podem fazer nas ciências exatas, as meninas também podem fazer. Não há caminhos mais difíceis para uns ou para outros, os caminhos estão abertos e as dificuldades que uns e outros sentem, nós em Cabo Verde sentimos muito mais por todas as circunstâncias que temos, mas podem ser vencidas”, concluiu.

A docente da FCT e coordenadora do projeto, Professora Ivanilda Nunes, apresentou o projecto de forma sintética, destacando o trabalho realizado a nível da investigação, objetivos, e das diversas atividades, nomeadamente a formação de professores, oficinas com alunos, observações solares e observações noturnas. Essas atividades vão ser realizadas em 4 ilhas: primeiramente Santiago e depois Fogo, Maio e Santo Antão.

“Noites Estreladas em Cabo Verde – A Astronomia nas Ilhas da África Ocidental” é um projeto do Portuguese Language Office of Astronomy for Development (PLOAD) da União Internacional de Astronomia (IAU), coordenado pela Professora da Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade de Cabo Verde, Ivanilda Nunes.

O projeto é realizado pela Universidade de Cabo Verde, Núcleo Interativo de Astronomia (NUCLIO, Portugal) e Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST, Brasil) e executado por uma equipe internacional de professores oriundos dos países da comunidade de língua portuguesa.

O projeto tem como objetivo popularizar a Astronomia no país. Os últimos dias do projeto destinam-se à III Reunião anual do PLOAD, e aí serão discutidas outras práticas conjuntas com os países membros, tais como a celebração dos 100 anos da comprovação da Teoria Geral da Relatividade em 2019, já que Portugal, S.Tomé e Príncipe e o Brasil foram protagonistas nas medições experimentais que mudaram a teoria da gravitação.

A expectativa para o evento é a de colaborar com a formação de aproximadamente 100 professores em cada uma das 4 ilhas visitadas no país, totalizando 400 educadores. Além disso, centenas de estudantes e o público local poderão participar das atividades de Observação do Céu e conhecer mais sobre o mundo da astronomia.

Click na imagem para ver mais fotografias.

Noites Estreladas em Cabo Verde – A Astronomia nas Ilhas da África Ocidental